Vereadores aprovam prédio para igreja dos Bolsonaros

0

Vereador investigado como mandante da morte de Marielle Franco no Rio de Janeiro propõe construção de templo de cinco andares numa das principais avenidas da Barra da Tijuca para a igreja Batista Atitude, frequentada pela futura primeira-dama, Michelle Bolsonaro, e por seu marido, o presidente eleito.

Os vereadores Inaldo Silva (PRB), Felipe Michel (PSDB) e Marcello Siciliano (PHS), este investigado como suspeito de ser o mandante do assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL)  que também matou o motorista Anderson Gomes, propuseram projeto de lei aprovado pela Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro na última quarta-feira, 05/12, para a construção de prédio de cinco andares na Avenida das Américas, uma das primeiras e mais importantes vias da zona sul, para a igreja evangélica frequentada pela próxima primeira-dama do país e por Jair Bolsonaro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Envie o comentário
Por favor, coloque seu nome aqui