Chanceler chinês critica intervenção dos EUA na Venezuela

O ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, reafirma que a soberania e a independência da Venezuela devem ser respeitadas

0
O ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, afirma que uma intervenção dos EUA na Venezuela traria apenas "a lei da selva" | Foto: AP

O ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, disse na sexta-feira, ao se referir à campanha intervencionista nos Estados Unidos (EUA), que a interferência estrangeira “só agravarão a situação” na Venezuela.”A intervenção dos EUA levaria “a lei da selva” para o país sul-americano”, garantiu o chanceler Wang em entrevista coletiva. O chefe da diplomacia chinesa reiterou a posição de Pequim sobre a Venezuela: “A soberania e a independência dos países devem ser respeitadas”.


A intervenção dos EUA levaria “a lei da selva” para o país sul-americano

Wang pediu ao governo do presidente dos EUA, Donald Trump, respeito pelas relações da China com a América Latina. “É uma escolha correta que não deve ser interferida”, ressaltou. Em 24 de janeiro, o Ministério das Relações Exteriores da China expressou seu apoio ao governo constitucional do presidente Nicolás Maduro e criticou o ataque dos EUA contra contra a nação sul-americana.

Via Xinhua – EFE / teleSUR – JGN

DEIXE UMA RESPOSTA

Envie o comentário
Por favor, coloque seu nome aqui