17.4 C
São Paulo
terça-feira, maio 21, 2019

Inadimplência bate recorde e desemprego aumenta em março

O número de consumidores inadimplentes no Brasil bate recorde e chega a 63 milhões em março de 2019, de acordo com a Serasa Experian....

Centrais fazem 1º de maio unificado inédito com shows nacionais

Pela primeira vez, o Dia do Trabalhador, comemorado em 1º de maio, será organizado em conjunto por todas as centrais sindicais brasileiras. O motivo é a atuação unitária contra a Reforma da Previdência, do governo Bolsonaro. O evento começa às 10h, no Vale do Anhagabaú, em São Paulo, e tem como lema "Contra o fim da aposentadoria, por mais empregos e salários decentes".

Trabalho doméstico volta a crescer na grande São Paulo

De 2018 para 2017, a ocupação das trabalhadores domésticas cresceu 10,2% na Região Metropolitana de São Paulo (RMSP). Os números são da Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED), realizada pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócio-Econômicos (Dieese) e Fundação Seade. Segundo a pesquisa, o aumento é reflexo do atual período de crise econômica.

Sem política de valorização, salário mínimo seria de R$575

Na última segunda-feira, o governo Bolsonaro confirmou que vai dar fim à política de valorização do salário mínimo, o que significa reajustes apenas pela inflação acumulada. A principal justificativa do governo é o impacto sobre as contas da Previdência Social.

Mulheres unidas em defesa da aposentadoria

Mulheres dos mais diversos cantos do país lotaram o auditório Nereu Ramos da Câmara dos Deputados nesta quinta-feira (11/04) para dizer, em alto e bom som, "Não à Reforma da Previdência".

Acidente em fábrica de biodiesel mata dois trabalhadores

A explosão de tanque de óleo na fábrica Prisma, produtora de biodiesel em Sumaré, região de Campinas, São Paulo, matou dois trabalhadores na última segunda-feira, 08/04.

Observatório da Democracia faz ato nos “100 dias de desconstrução do Brasil”

Hoje, 10 de abril, o governo de Jair Bolsonaro completa 100 dias. O Observatório da Democracia, composto por sete fundações partidárias que assumiram compromisso com a manutenção da soberania e da democracia brasileira, realiza o ato “100 dias de desconstrução do Brasil”, na Câmara dos Deputados, a partir das 17h, em Brasília, quando apresenta relatório, com análises e dados dos 100 dias de Bolsonaro na presidência do país.

Reforma da Previdência: professoras trabalharão dez anos a mais para se aposentar

A Reforma da Previdência do governo Bolsonaro compromete a aposentadoria da maioria da população brasileira, retardando o acesso e reduzindo o valor do benefício. Há setores e categorias, entretanto, em que as mudanças seriam mais drásticas. As professoras da rede pública, por exemplo, teriam que trabalhar dez anos a mais para acessar o benefício, e com valor reduzido.

Prêmio de jornalismo Vladimir Herzog ganha escultura em SP

Neste sábado, 6 de abril, às 10h, será inaugurada escultura em homenagem ao Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos, na Praça Memorial Vladimir Herzog, atrás da Câmara Municipal de São Paulo, junto ao Anhangabaú. A obra é do artista Elifas Andreato e será colocada junto à placa que homenageia jornalistas.

Bolsonaro diz à ONU: “não houve golpe de Estado em 1964”

A Organização das Nações Unidas (ONU) recebeu na última quarta-feira, 03, telegrama do Governo Bolsonaro afirmando que os 21 anos de governos militares foram necessários "para afastar a crescente ameaça de uma tomada comunista do Brasil e garantir a preservação das instituições nacionais, no contexto da Guerra Fria", de acordo com o jornalista Ricardo Senra, correspondente da BBC News Brasil, em Washington. "Não houve golpe de Estado em 31 de março de 1964", diz o texto.
- Advertisement -

Mais populares

Recentes