Atentado no Senado mexicano: explode livro-bomba em senadora do Morena

Citlalli Hernández é do partido do presidente López Obrador, e atua pelas causas feminista e LGBTi. Teve roupas e sobrancelhas queimadas.

0
Atentado ocorreu no terceiro andar do Senado Mexicano. Foto: divulgação.

O atentado aconteceu nessa quarta, 29, por volta das 19h, quando a senadora Citlalli Hernández, do partido Morena decidiu abrir um pacote entregue dias antes.  Em forma de livro, o suposto presente explodiu no rosto da senadora, queimando sua roupa e parte das sobrancelhas.

Citlalli Hernández é do partido de Andrés Manuel López Obrador, presidente progressista eleito em 2018 e que tem atuado contra o neoliberalismo. A senadora tem defendido as causas feminista e LGBTi. Recentemente encaminhou projeto para proibir terapias de conversão.

A senadora imediatamente foi atendida e o serviço médico informou estar bem. Publicou um primeiro twitter dizendo encontrar-se “bem e forte” e “condenar o ato violento e intimidatório ocorrido em seu gabinete”. Ressaltou que as mudanças no país devem acontecer de forma pacífica. Porém, logo excluiu a este twitter a pedido de seus advogados.

Logo depois, publicou outro twitter em tom mais moderado: “Sobre o incidente desta noite, posso dizer-lhes que estou bem. Foram tomadas todas as medidas de segurança necessárias e deixaremos que as autoridades competentes atuem sobre o caso. Agradeço infinitamente suas preocupações e demonstrações de carinho. Amor com amor se paga”.

Até o momento não há indícios de quem entregou o livro-bomba, um artefato com explosivos caseiros. Porém, analistas políticos indicam a possibilidade de atuação de grupos ultra conservadores contra a atuação da senadora principalmente com os direitos LGBTi.

Artefato com explosivos caseiros em formato de livro explodiu no rosto da senadora do Morena. Foto: divulgação grupos de senadores mexicanos no WhatsApp.

DEIXE UMA RESPOSTA

Envie o comentário
Por favor, coloque seu nome aqui